Contemplativo e guerreiro

São Bento Biscop fundou as manifestações artísticas do ambiente religioso na Inglaterra, mandando vir artistas com verdadeira inspiração católica e estabelecendo uma ordem nas festas litúrgicas.

Com isso, introduziu elementos de beleza dentro da vida religiosa que depois se difundiriam para a vida civil. Por esse meio ele foi o decorador da Inglaterra de seu tempo. Seus adornos não eram emolientes, tolos ou fúteis, mas tinham dois grandes elementos de inspiração: a profundidade de um contemplativo e as reminiscências do antigo guerreiro.

Os santos que meditam, contemplam profundamente e sabem ser guerreiros, esses estão na origem de todo surto artístico verdadeiro, presidem a aurora e a ascensão da arte.

Plinio Corrêa de Oliveira (Extraído de conferência de 11/1/1966)

Envie-nos um comentário

You might be interested